Brasileira Gerdau aumenta preços do vergalhão para empresas de construção

2 de julho de 2012

O vergalhão da produtora de longos brasileira Gerdau deve ficar mais caro a partir de 1º de julho, já que a empresa está supostamente aumentando os preços em 8-9% para as empresas de construção.

As principais empresas de construção brasileiras disseram à Platts SBB sobre os novos preços listados pela Gerdau. “É a segunda vez este ano que a Gerdau anuncia aumentos de preço do vergalhão”, disse um executivo de uma construtora em São Paulo. “Em fevereiro, a empresa tentou elevar os preços em 5%, mas o setor não aceitou.”

Outro executivo em Minas Gerais afirmou que, como sua empresa não aceitou o aumento do preço do vergalhão no início do ano, está recebendo aumento cumulativo para julho. “Estão acrescentando os 5% de fevereiro aos 8% de julho e aumentando nossos preços de compra em 14%”, disse. “Como podemos repassar esse grande custo aos nossos clientes?”

A partir de julho, um comprador disse que os pedidos de vergalhão da Gerdau custarão em torno de R$ 2.268-2.310/t (US$ 1.134-1.155/t) entregue aos empreiteiros, contra R$ 2.100-2.120/t (US$ 1.050-1.060/t) entregue nos últimos meses. Ambos os valores incluem impostos.

Porém as importações não são vistas como uma alternativa. “Os preços interacionais não estão tão atrativos por conta da valorização do dólar americano”, disse uma fonte, acrescentando que é necessário considerar a qustao de entrega. “Queremos material entregue em dias, não meses.”

 

Fonte: Steel Business Briefing
Seção: Siderurgia
Publicação: 02/07/2012

Compartilhe nas redes sociais