CSN aumenta preço do aço, e concorrentes devem seguir mesmo caminho

18 de junho de 2020

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) anunciou na quarta-feira, 17,  aumento de preços para o aço em 10,5% a sua rede de distribuição, a partir do dia 1º de julho.

O ajuste ocorre por conta da valorização do dólar e do preço do minério de ferro, que segue acima de US$ 100 a tonelada.

Outras siderúrgicas, como Usiminas, já sinalizaram a clientes sobre seus reajustes.

Procurada, CSN não comentou até o momento.

Fonte: Estadão
Seção: Siderurgia & Mineração
Publicação: 18/06/2020

Compartilhe nas redes sociais