CSN se descola das siderúrgicas e sobe 6% em 3 pregões com rumor sobre reajuste

12 de setembro de 2017

Vale e siderúrgicasAs ações da Vale (VALE3, R$ 35,23, -1,59%; VALE5, R$ 32,46, -2,08%) caem seguindo o movimento do minério de ferro nesta sessão. O contrato do minério de ferro mais negociado em Dalian caiu 0,8% hoje, a 545,5 iuanes por tonelada. Acompanham o movimento os papéis da Bradespar (BRAP4, R$ 27,30, -1,44%) – holding que detém participação na Vale – e as siderúrgicas, com Usiminas (USIM5, R$ 8,36, +0,36%), Gerdau (GGBR4, R$ 12,72, -1,47%) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4, R$ 6,23, -0,16%). A exceção é a CSN (CSNA3, R$ 9,99, -1,63%), que sobe pelo terceiro pregão, na esteira de rumores sobre o terceiro aumento de preços do aço em 2017. Dessa vez, será anunciado um reajuste de 10,25% a partir de 1° de outubro para a rede de distribuição e indústria.

Fonte: Infomoney
Seção: Siderurgia
Publicação: 12/09/2017

Compartilhe nas redes sociais