Exportações dos produtos siderúrgicos brasileiros atingiram 4,6 milhões de ton: US$ 2,3 bilhões, aponta IABR

24 de maio de 2017

Crescimento de 8,9% em volume e de 46,8% em valor, na mesma base de comparação de janeiro a abril de 2017. As vendas de produtos siderúrgicos ao mercado brasileiro apresentaram queda de 3,6 nos quatro primeiro meses de 2017. Destaque para a produção de laminados que totalizou 7,3 milhões de toneladas, um acréscimo de 8,9% frente ao acumulado de janeiro a abril de 2016.De acordo com Instituto de Aço Brasil (IABr), a produção brasileira de aço bruto foi de 11,1 milhões de toneladas no acumulado dos quatro primeiros meses de 2017, o que equivale a um aumento de 14,5% quando comparada com o ocorrido no mesmo período de 2016. 

A produção de laminados foi de 7,3 milhões de toneladas, um acréscimo de 8,9% frente ao acumulado de janeiro a abril de 2016.As vendas internas foram de 5,2 milhões de toneladas nos quatro primeiros meses de 2017, uma queda de 3,6% em relação ao mesmo período de 2016.Aindo segundo IABr, o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 5,9 milhões de toneladas nos quatro primeiros meses de 2017. Comparando com o mesmo período do ano anterior, o crescimento foi de 1,4%.As importações cresceram 64,6% no acumulado de janeiro a abril de 2017 comparativamente ao mesmo período do ano anterior, totalizando 790 mil toneladas. Esse volume resultou em US$ 676 milhões de importações, uma alta de 33,6% na mesma base de comparação. 

Exportações — As exportações atingiram 4,6 milhões de toneladas e valor de US$ 2,3 bilhões nos quatro primeiros meses de 2017, — o que significa crescimento de 8,9% em volume e de 46,8% em valor, na mesma base de comparação— destaca o IABr.Dados de abril de 2017— Em abril de 2017, a produção brasileira de aço bruto foi de 2,9 milhões de toneladas, uma expansão de 25,9% frente ao mesmo mês de 2016. Já a produção de laminados foi de 1,9 milhão de toneladas, aumento de 15,2% comparada a abril de 2016.O consumo aparente foi de 1,4 milhão de toneladas, 9,0% menor que o mesmo mês de 2016. As vendas internas caíram 12,8% contra abril de 2016, totalizando 1,2 milhão de toneladas.As importações cresceram 36,6% em volume e 20,6% na mesma base de comparação, respectivamente 153 mil toneladas e US$ 152 milhões. As exportações com 826 mil de toneladas e US$ 457 milhões reduziram 18,4% em volume e cresceram de 19,3% em valor, contra o mesmo mês de 2016.

Fonte: Fator Brasil
Seção: Siderurgia
Publicação: 24/05/2017

Compartilhe nas redes sociais