Gerdau rompe “divisor de águas” apontado pelo trader que prevê ação a R$ 10

2 de fevereiro de 2016

Paula Barra 

Dia de disparada das siderúrgicas trouxe “nova cara” para trade divulgado no InfoMoney na última sexta-feira, que previa as ações da Gerdau (GGBR4) a R$ 10,00 em 18 meses. Isso porque um dos fatores que reforçava a visão de retomada da ação na Bolsa era o rompimento do patamar dos R$ 3,69, considerado um “divisor de águas”. Essa região foi ultrapassada nesta segunda-feira (1), com a ação registrando alta de 5,56%, fechando o pregão a R$ 3,80.

Em entrevista ao InfoMoney, Wagner Caetano, diretor da Top Traders e trader profissionalcom 14 anos de experiência na Bovespa, disse que esse patamar seria importante para dar sustentação ao trade. Se passasse, o papel ganharia força para dar continuidade ao movimento de alta. Para ele, a ação tem potencial para subir 200% nos próximos 18 meses.

A estratégia do trader consiste em comprar 100 mil ações em um intervalo de 3 meses, desembolsando com isso até R$ 400 mil – dinheiro que foi reservado para a operação depois de vender um dos seus apartamentos. Até o momento, Caetano já investiu R$ 270,7 mil em ações da companhia, em um total de 77 mil papéis – conseguindo um preço médio por papel de R$ 3,51, abaixo do teto de R$ 4,00 por ação estipulado no início da operação. 

Desse montante de 77 mil papéis em carteira, 9 mil ações o trader comprou hoje, com o rompimento do “divisor de águas”. Foram efetuadas duas compras: a primeira, 4.000 ações, a um preço médio de R$ 3,77; a segunda, 5.000 ações, a R$ 3,59. As operações totalizam um montante de R$ 33,03 mil. Na sexta-feira, ele já estava com 68 mil ações da Gerdau em carteira, que foram adquiridas em duas operações: a primeira, dia 14 de janeiro; e a segunda, dia 27 de janeiro. 

Para finalizar as compras agora Caetano precisa encarteirar mais 33 mil ações. Isso só mudaria de figura, isto é, a operação só seria desmontada, se a ação vier abaixo dos R$ 3,23, a mínima do ano, batida dia 26 de janeiro.

Fonte: Infomoney
Seção: Siderurgia
Publicação: 02/02/2016

Compartilhe nas redes sociais