Usiminas deve aumentar os preços do aço no Brasil, dizem fontes

4 de julho de 2012

A Usiminas (USIM3, USIM5), a maior produtora de aço plano no Brasil, informou a alguns distribuidores nesta semana que planeja aumentar os preços dos produtos entre 5% e 7%, disseram duas fontes ligadas à situação nesta terça-feira (3) para a agência de notícias internacional Reuters.

A companhia, que está vivenciando uma das piores crises em decadas, espera elevar os preços dos produtos usados no setor automotivo e imobiliário para ajustar as margens, comentaram as fontes. O movimento vai primeiramente impactar os distribuidores e depois se estender aos outros clientes dentro dos próximos meses.

Alguns dos reajustes nos preços foram anunciados na última segunda-feira (2), apontaram as fontes, que negaram serem identificadas por ser uma questão muito delicada. O InfoMoney entrou em contato com o assessor de imprensa da companhia, em Belo Horizonte, Leonardo Steffano, que disse que não confirma e nem desconfirma a informação, comentando que a companhia não aborda sobre as políticas de preços.

Em meio às especulações, as ações preferenciais da empresa subiram 8,32% neste pregão, cotadas a R$ 6,77. Já os papéis ordinários da siderúrgica subiram 4,78%, para R$ 8,10, enquanto o Ibovespa terminou em alta de 1,99% aos 55.780 pontos.

 

Fonte: Infomoney
Seção: Siderurgia
Publicação: 04/07/2012

Compartilhe nas redes sociais