Vendas de produtos siderúrgicos ao mercado brasileiro apresentam queda de 22,2% em maio

18 de junho de 2015

As vendas de produtos siderúrgicos ao mercado brasileiro em maio de 2015 mostraram queda de 22,2% em relação a maio de 2014, atingindo 1,5 milhão de toneladas. As vendas acumuladas em 2015, de 8,2 milhões de toneladas, mostraram queda de 13,6% com relação ao mesmo período do ano anterior. Ressalte-se que em 2015, para o período em referência, houve declínio mais acentuado de vendas do que aquele verificado em 2014 quando comparado a 2013.

Com relação ao consumo aparente nacional, o resultado de maio de 2015 foi de 1,8 milhão de toneladas de produtos siderúrgicos, totalizando 9,9 milhões de toneladas no período de janeiro a maio de 2015. Esses volumes representaram queda de 22,7% e 10,9%, respectivamente, em relação aos mesmos períodos do ano anterior.

No que se refere às importações, registrou-se em maio o volume de 307 mil toneladas (US$ 282 milhões) totalizando, desse modo, 1,7 milhão de toneladas de produtos siderúrgicos importados no ano, alta de 4,9% em relação ao mesmo período de 2014.

Apesar das condições adversas do mercado internacional, as exportações de produtos siderúrgicos em maio atingiram 1,1 milhão de toneladas, no valor de 586 milhões de dólares devido, principalmente, às remessas de semiacabados. Com esse resultado, as exportações até maio de 2015 totalizaram 4,5 milhões de toneladas e 2,7 bilhões de dólares, crescimento de 41,6% em volume e de 13,1% em valor, quando comparados ao mesmo período do ano anterior, quando ainda não havia ocorrido aumento expressivo de remessas de semiacabados para o exterior. 

A produção brasileira de aço bruto em maio de 2015 foi de 3,0 milhões de toneladas, alta de 3,1% quando comparada ao mesmo mês em 2014. Em relação aos laminados, a produção de maio, de 1,9 milhão de toneladas, apresentou queda de 6,9% quando comparada com maio do ano anterior. Com esses resultados, a produção acumulada nos três primeiros meses de 2015 totalizou 14,3 milhões de toneladas de aço bruto e 10,4 milhões de toneladas de laminados, aumento de 1,9% e queda de 2,2%, respectivamente, sobre o mesmo período de 2014. (Assessoria de imprensa Instituto Aço Brasil)

Fonte: Inda
Seção: Metalurgia & Distribuição
Publicação: 18/06/2015

Compartilhe nas redes sociais